IoAiutoBra 1 livrar

Uma mulher residente em Turim foi presa ontem, quarta-feira 5 junho 2013, em Bra por duas patrulhas da polícia municipal na praça do centro de gravidade, ao lado da estação de trem. Na garganta dos fumos de álcool, a mulher começou a bater uma mulher pelo ponto de ônibus. Dado o cenário, um homem, um cidadão somali de trinta anos residente em Narzole, foi interposto entre as duas mulheres, mas também foi atingido pela fúria da mulher. Um transeunte deu o alarme e no local as patrulhas municipais foram imediatamente notadas, mas não conseguiram identificar o agressor, que insultou os homens do comando Braidese e se recusou a fornecer documentos e informações gerais.


Os agentes, assim, aplicaram a identificação para parar, carregando a mulher no carro, o que, no entanto, reagiu batendo nos policiais. Era, portanto, necessário usar as algemas para levá-lo ao comando da via Moffa di Lisio.
OM, cidadão romeno de 40 anos, foi preso em flagrante por violência, resistência, ameaças e insulto a funcionário público, recusa em fornecer informações gerais, generalidades falsas, espancamentos e embriaguez. Esta manhã, ela foi julgada em julgamento em frente ao tribunal de Alba, onde foi sentenciada a seis meses de pena suspensa. (Polícia Municipal do Bra)