IoAiutoBra 1 livrar




 

O núcleo original do Palazzo Traversa data de meados do século XV, provavelmente construído por encomenda de um ramo da rica família Malabayla de Asti que se mudou para Bra. Os vários proprietários que assumiram, incluindo a Operti e a Albrione, fizeram adições e modificações na planta e na decoração.  

 

A representação mais antiga, entre as encontradas até agora, encontra-se na vista da cidade de Bra do Theatrum Sabaudiae de 1666, na qual se pode ver a fachada voltada para oeste com três ordens de janelas gradeadas, o telhado de duas águas, duas torres e um muro baixo de fronteira. Mais tarde, nos mapas cadastrais de 1760 e 1810, são encontradas variações planimétricas. 

 

Uma aquarela 1870 apresenta a visão prospectiva da fachada superada por merlotes de Ghibelline e o lado sul com balões de madeira; ainda aparecem os dois portais neo-barrocos e a torre neogótica no canto sudoeste da cerca, remontando aos primórdios do 900 (intervenções da família Traversa).  

 

Doado à Prefeitura de Bra em 1935, após as obras de restauração realizadas na década de 80, o prédio foi utilizado como sede do museu cívico de história, arte e arqueologia que hospeda numerosos achados no site romano de Pollenzo. Mais informações no site www.turismoinbra.it